sábado, 14 de março de 2020

COMO FAZER UMA MONOGRAFIA


Se você está prestes a se graduar e se apresenta muito incerto em relação à conclusão do Trabalho de Conclusão de curso, não se desespere: mostraremos como efetuar uma monografia em algumas etapas que tem a possibilidade de ajudar bastante com a desenvoltura do seu trabalho. Quando se encontra em jogo, esse assunto em geral provoca ansiedade suficiente.

Contudo não se acha motivo para espantar-se. Todos os seus anos de estudo, é natural, o capacitaram para desenvolver este artigo científico que inclui imensa investigação e programação.

Por mais chato que consistam em os detalhes, como as normas e os moldes que seu trabalho tem que adotar, o processo produtivo não tem a necessidade de ser um pesadelo. Preste atenção às seguintes indicações, e use uma ferramenta para anotações como o microsoft word!

1. Eleja um tópico significativo

Você empregara muito tempo e esforço a este empreendimento. No entanto, é essencial que o conteúdo tratado realmente ative sua atenção. Já pensou em passar tempo pesquisando de forma profunda um trabalho que você abomina? Isso somente tornará o trabalho no mínimo mais doloroso.

Além de ser do seu agrado, o título ainda precisa ser significativo para a comunidade acadêmica. Ou seja, você precisa produzir alguma coisa inovadora. Isso significa alegar que sua pesquisa seja obrigada a ser sem precedentes por importância, mas é necessário, ao menos, apresentar novas interpretações para assuntos já estudados por outros.

Com isso, antes de bater no martelo sobre a temática, é importante analisar o que já foi ou está sendo elaborado nele. Além de impossibilitar que você defina uma abordagem que já foi pesquisado, isso do mesmo modo auxilia a descobrir se tem material disponível para servir como fonte de sua pesquisa.

O importante é lembrar ainda de que quanto mais peculiar for o seu tópico, maiores serão as possibilidades de triunfo no decurso do andamento de investigação.

2. Reflita cautelosamente ao escolher o conselheiro

O professor que o acompanhara na jornada do TCC pode converter o trabalho mais fácil ou mais aflitivo. No entanto, veja de maneira cuidadosa quem você estabelecera para orientar na seu Trabalho de Conclusão de Curso.

Selecione um professor com quem você possua uma certa empatia ou pelo menos contato harmonioso.

O mais significativo de tudo, é claro, é que o dicente trabalhe na área do tema que será realizado. Este tem que ser seu primeiro critério na escolha. Avalie do mesmo modo se o docente selecionado é um orientador livre para fazer observações útil e recomendar abordagens. Para formar isso, uma sugestão seria conversar com os alunos que já foram segmentados antes pelo orientador que você deseja escolher.

3. Capriche no pré-projeto

Um trabalho de conclusão de curso dessa extensão precisa de planejamento, e é no projeto de pré-pesquisa que você definirá sinais significativos, como o cronograma do estudo.

Para que seu tcc progrida, esse trabalho preliminar precisa ser antes aprovado por seu professor. Nesta fase, é o momento de limitar a questão problema da pesquisa e explicar por que é importante e merece ser estudado. Melhor dizendo, você já estará pensando na justificativa do tcc.

É do mesmo modo por meio do pré-projeto que você mostra aos avaliadores que sabem conduzir sua investigação, mostrando a metodologia escolhida e reunindo referências bibliográficas que alicerçarão seu projeto no futuro. É sua possibilidade de alegar que sua concepção é viável.

4. Pesquisa em profundidade

A formação teórica é uma das chaves de como fazer um trabalho de conclusão de curso. Portanto, é necessário analisar outros autores que possam produzir conhecimentos significativos para resolver o problema mostrado por você. É a partir dessa informação que você edifica seu fundamento.

Livros, teses, monografias, artigos, documentários, publicações e jornais tem a possibilidade de ser utilizados como fonte. Em plena época digital, um grande parceiro de pesquisa foi o Google Scholar. A ferramenta de busca possibilita encontrar revistas acadêmicas e trabalhos sobre qualquer questão, segundo as palavras-chave utilizadas.

Neste desenvolvimento de pesquisa, é relevante investigar a confiabilidade da fonte achada. Lembre-se da mesma forma de instruir-se com seu consultor. Ele consegue revelar lacunas e apontar obras que as preencherão, contribuindo com você a colocar a investigação no rumo certo.

5. Siga a estrutura do trabalho de conclusão de curso

Se apresenta no momento de redigir. Nesta etapa, é importante ter em mente que a monografia é um protótipo que já dispõe de uma estrutura determinada.

Na introdução, você abordará a delimitação do tópico, o problema e os objetivos gerais e específicos. O desenvolvimento já está demarcado em referencial teórico, no qual você apresentará um horizonte de como a questão está agora; metodologia, que esclarece os métodos aplicados e os procedimentos utilizados; e pesquisa / resultados, quando os dados colhidos por sua pesquisa são exibidos.

A conclusão é o grande término, no qual você tem que informar o leitor se os objetivos foram atingidos ou não e qual é a lição tirada dele. Tudo deve ser escrito de forma clara e direta, e a todo momento com base teórica. No fim, do mesmo modo é fundamental inserir referências bibliográficas.

Dependendo das características do seu trabalho, mais itens opcionais, como apêndices e glossários, tem a possibilidade de aparecer.

6. Preste atenção as regras da ABNT desde o princípio


Compor a primeira citação seguindo as regras da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) pode impedir muita dor de cabeça ao reformular o trabalho. Com isso, já ajuste seu Word totalmente ajustado nos modelos, antes mesmo de dar início a digitação.

- Alguns requisitos de formatação são:
- não narre em primeira pessoa;
- inserir citações em língua estrangeira no formato itálico;
- utilize fonte Arial ou Times New Roman de tamanho 12;
- escolher parágrafos com espaçamento 1,5;
- justificar citações à direita, em itálico, com tamanho de fonte 10;
- use tamanho de papel A4;
- coloque numeração somente as folhas da introdução, além das anteriores.

O trabalho é o elo final do seu curso de graduação, a última possibilidade de comprovar seu pensamento. Um trabalho de conclusão de curso bem feito tem o poder de maravilhar a banca de avaliação (integrado por docentes com experiência), de trazer prestígio acadêmico e reverberar decisivamente na base profissional que se inicia a ser formada.

O tcc pode abrir muitas possibilidades, tanto no mercado de trabalho como na academia, o que pode ser uma diferença se você estiver interessado em dar continuidade seu aprendizado e se preparar para um mestrado.

quinta-feira, 27 de fevereiro de 2020

Formatação ABNT para artigos científicos


Formatação ABNT para Artigos Científicos

Como dito anteriormente, a formatação diz muito sobre a qualidade de um artigo científico ou até mesmo de um TCC. As Normas ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas – são as mais utilizadas no universo acadêmico atualmente.


As normas ABNT consistem em um conjunto de normas de formatação e organização de trabalhos acadêmicos que seguem a padronização internacional de trabalhos e produções científicas. A utilização dessas normas tem como principal objetivo tornar o trabalho mais legível, organizado e compartilhado dentro da comunidade acadêmica.

Portanto, assim como fazer um artigo científico de qualidade é importante estudar minuciosamente o tema escolhido, é importante também organizar a produção para sua apresentação e aumentar a sua chance de publicação em grandes veículos.

Felizmente, atualmente existem alguns aplicativos e programas onde o arquivo pode ser automaticamente formatado de acordo com as normas estabelecidas. Contudo, a viabilidade e custo benefício desses aplicativos deve ser estudado visto que muitos deles não são gratuitos.

O uso de programadas, contudo, não dispensa o conhecimento da norma, uma vez que estão em constante atualização e que, por mais confiável que seja, o programa também pode cometer alguns equívocos e erros, e é importante que você saiba, ao menos, como corrigi-los.

Dentre as diversas recomendações que constam nas Normas ABNT, a principal delas é em relação ao corpo da produção, ou seja, a formatação dos elementos textuais, que devem estar em fonte Arial ou Times New Roman, tamanho 12, alinhamento justificado, recuo de 1,25cm na primeira linha de cada parágrafo e espaçamento de 1,50cm entre as linhas.

Outro ponto importante é imediatamente identificado pelo leitor é o tamanho das margens, que devem seguir a regra de 2 cm nas margens direita e inferior e 3 cm nas margens superior e esquerda.

Além dessas, existem outros pontos e detalhes importantes. Por isso, estudar as normas e as exigências do veículo em que se pretende submeter a publicação é fundamental para o sucesso e alcance de seus trabalhos acadêmicos.

Precisa de um TCC clique aqui!!!

Tags - Quem faz TCC, onde comprar TCC, comprar TCC em São Paulo.



quinta-feira, 23 de janeiro de 2020

Passo a passo: Como fazer um TCC do zero

Monografis


Aprenda Com o Monografis a Fazer Seu TCC


O Trabalho de Conclusão de Curso, ou TCC, talvez seja o momento de maior estresse e desgaste da maioria dos estudantes. O grande desafio é entender como fazer um projeto de TCC do zero com qualidade e dentro do prazo exigido pela instituição de ensino. A verdade é que não existe nenhum segredo ou fórmula mágica para isso, mas é preciso bastante dedicação, disciplina e organização.

O primeiro passo é exatamente o ponto principal para desenvolver um trabalho digno de nota máxima e aprovação: entender o que é, por que é tão importante e como fazer um projeto de TCC. Para atingir esse objetivo, a seguir, respondemos às principais dúvidas que podem surgir durante esse período, fizemos um passo a passo simples e algumas dicas para concluir o seu TCC com sucesso.

Você sabe a diferença do projeto de TCC, TCC, monografia e artigo cientifico?


O Trabalho de Conclusão de Curso, como o próprio nome já sugere, é o trabalho final para aprovação dos cursos de graduação. Tem como objetivo principal evidenciar que todo o conteúdo lecionado ao longo do curso foi devidamente compreendido e o aluno está apto para o mercado de trabalho e prosseguimento de sua carreira acadêmica e profissional.

O TCC, normalmente aplicado nos cursos de nível superior em diante, pode ser ainda classificado em diferentes tipos, sendo os três mais comuns:

1. Projeto de TCC.

Tem como objetivo demonstrar a aplicação do conteúdo teórico em um modelo real ou simulação. Esse modelo de TCC tem como objetivo verificar a assimilação do conteúdo pelo aluno.


2. Monografia:

Tem como objetivo aproximar o aluno da área de pesquisa acadêmica. Esse modelo de TCC prioriza a pesquisa detalhada de um (mono) assunto específico dentre todos os assuntos e conteúdos abordados ao longo do curso, seja a nível de graduação ou pós-graduação.

3. Artigo Científico.

Muito similar à Monografia, esse modelo de TCC consiste em uma pesquisa científica sobre determinado assunto, podendo ser relacionado com diversos conteúdos e / ou aplicações. A principal característica (e também desafio) desse modelo é que se trata de uma produção mais curta, normalmente, entre quinze e vinte páginas.

Por que o TCC é tão importante?


Monografis

Com as explicações anteriores, já é possível perceber os motivos pelos quais o TCC é um trabalho tão importante, sendo a principal razão o fato de que é muito mais do que um simples trabalho acadêmico.

Independentemente do modelo de TCC escolhido pelo aluno ou instituição de ensino, o trabalho tem como foco demonstrar que o estudante está apto para continuar a sua carreira acadêmica e profissional, por isso muitos detalhes são exigidos além de uma pesquisa detalhada e um estudo relevante tanto para a comunidade acadêmica quanto para a sociedade em geral.

Os estudantes que buscam seguir carreira no universo acadêmico, por exemplo, poderão usar o TCC como porta de entrada para o desenvolvimento de suas carreiras e produções. Por isso, é preciso se dedicar e buscar a melhor maneira de como fazer um projeto de TCC do zero com qualidade e relevância.

Para quem busca uma carreira atuando no campo profissional, o TCC também poderá ser uma porta de entrada e uma evidência do conteúdo aprendido e desenvolvido durante o curso.

Logo, o processo de desenvolvimento do TCC é, inevitavelmente, trabalhoso e por isso deve ser feito da melhor forma possível. Pensando nisso, fizemos um passo a passo simples para te ajudar a se organizar, garantir que passe por esse período com calma e a certeza de como fazer um projeto de TCC do zero.

Passo a passo: Como fazer um TCC do zero.


Passo 1: Organize-se.

Já sabemos que, independente de qual será o modelo do seu TCC, ele exigira dedicação e organização, logo esse é o primeiro passo de como fazer um projeto de TCC do zero. Organize sua agenda, o espaço que precisa para se concentrar a esse trabalho e o seu tempo. 

Durante um determinado período essa deverá ser a sua prioridade, por isso, quanto antes você se organizar para fazê-lo, maiores serão as chances de conseguir elaborar um trabalho com excelência.

Passo 2: Tenha um roteiro.

Não existe regra determinante para garantir um TCC digno de nota máxima e aprovação, mas o trabalho, normalmente segue um roteiro básico e simples. De forma geral, o TCC é composto por três grandes etapas: pré-textual, textual e pós-textual, conforme explicado a seguir:

Etapa pré-textual:

Como o nome já sugere é a etapa que antecede a sua produção textual em si, composta por:
1. Capa;
2. Folha de Rosto;
3. Folha de aprovação;
4. Dedicatória;
5. Agradecimentos;
6. Resumo (em dois ou mais idiomas);
7. Sumário;
8. Listas (de imagens, tabelas, formulas, siglas, entre outras).

Etapa Textual:

Essa é a parte mais robusta e importante de como fazer um projeto de TCC, pois consiste do verdadeiro trabalho e pesquisa desenvolvida pelo aluno. É composta por:


Monografis

1. Objetivos: separados em geral e específicos, onde o primeiro contextualiza a ideia principal que se quer chegar com o estudo e a o segundo lista, em pelo menos três pontos, as metas intermediarias que garantem o objetivo geral proposto.

2. Introdução: uma breve descrição do que será abordado no trabalho;

3. Referencial Teórico: pode ser descrita como uma conversa entre o autor do TCC e outros atores e materiais que tenham auxiliado no desenvolvimento da ideia principal do trabalho;

4. Método: explica como a pesquisa foi realizada;

5. Resultados: mostra os resultados da aplicação, se houver;

6. Conclusão: une as informações evidenciadas anteriormente chegando a uma opinião final;

7. Considerações finais: expõe qualquer ponto que deva ser considerado e seja relevante para o entendimento do leitor.
Etapa pós-textual:

Nessa etapa são expostas as informações, arquivos e documentos que suportam, explicam ou se baseia o trabalho desenvolvido. É a parte, talvez, mais fácil, porém não menos importante, composta por:

1. Referências Bibliográficas: lista em ordem alfabética de todo o material utilizado para o desenvolvimento do trabalho.

2. Anexos e Apêndices (se houver).

3. Faça um cronograma.

Agora que você já conhece como fazer um projeto de TCC consiste em desenvolver, com qualidade, todas essas etapas, poderá elaborar um pequeno cronograma com as metas.

Determine um tempo ou período em que cada uma dessas etapas deve estar finalizada. É importante que você trace um cronograma factível e ao mesmo tempo desafiador. Organize para que o seu TCC esteja pronto com, pelo menos, duas semanas antes do prazo de entrega, assim você garante tempo suficiente para fazer as devidas revisões e estudar todo o trabalho com mais calma para a apresentação dele para a sua banca avaliadora. Da mesma forma, a sua banca e seu orientador também terão tempo hábil para isso.

4. Estude as regras.

Algumas instituições determinam o modelo de TCC que o aluno devera desenvolver, assim como determinam regras para o desenvolvimento, formatação e apresentação de como fazer um projeto de TCC. Logo, informe-se quanto essas regras antes mesmo de começar a desenvolver o seu trabalho.

O modelo de formatação utilizado em trabalhos acadêmicos, em geral, são as normas ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas). Nesse caso, verifique as regras de formatação exigida pela sua instituição de ensino e faça uma pesquisa a respeito para que possa desenvolver o trabalho seguindo tais exigências.

5. Escolha um tema / assunto.

Tente pensar em todo o conhecimento que você adquiriu ao longo do curso e busque por aqueles que você tenha sentido maior aptidão, curiosidade e interesse ou algum que ja tenha tido alguma experiência no campo. Optar por um tema e assunto que você se sinta confortável em pesquisar e escrever a respeito torna o trabalho de como fazer um projeto de TCC menos cansativo e estressante. 

Para auxiliar a sua escolha, tente responder, de forma honesta à três perguntas básicas:

1. Eu gosto desse assunto? / Eu tenho interesse em desenvolver esse assunto?

2. É possível encontrar conteúdo suficiente sobre isso?

3. É um tema interessante para a comunidade acadêmica e profissional?
Se a resposta for sim para as três questões, você tem o seu tema.



6. Escolha seus parceiros.

Algumas instituições permitem que o TCC seja desenvolvido em duplas ou pequenos grupos. Como fazer um projeto de TCC é um trabalho complexo e que exige dedicação e comprometimento, seja cauteloso na escolha dos seus parceiros para esse trabalho. A falta de comprometimento das partes envolvidas pode comprometer o resultado do trabalho a ser entregue e sobrecarregar alguns membros.

7. Escolha o orientador.

Nessa caso, pense nas opções que tiver e busque o professor que demonstre maior aptidão ao tema e assunto a ser desenvolvido. Não faça dessa uma escolha por afinidade pessoal. É importante que o seu orientador apresente o equilíbrio entre exigência e criatividade. 
Um professor muito rígido com alguns detalhes pode te desestimular a desenvolver o trabalho enquanto um professor pouco exigente pode colocar em risco a qualidade do seu trabalho. Por outro lado, um orientador pouco criativo pode fazer com que o trabalho fique tedioso e pouco interessante, enquanto um orientador com ideias muito ousadas pode fazer com que conclusão do trabalho fique mais difícil.

Uma boa maneira de escolher o melhor orientador para o desenvolvimento do seu TCC é verificando a carreira acadêmica e/ou profissional dos professores.

8. Pesquise e leia.

Uma forma de como fazer um projeto de TCC com qualidade é pesquisando o maior volume de material de qualidade possível sobre o tema escolhido. Certamente, ao iniciar as suas pesquisas, você encontrará alguns autores comuns na maioria dos materiais a respeito. Caso isso não esteja muito claro para você, peça ao seu orientador referências que possa utilizar, livros, artigos ou qualquer outro material que você possa ler e aprender mais a respeito.

Outra forma de fazer uma pesquisa para te ajudar com a elaboração e buscando, através da internet, por trabalhos publicados que tenham o tema parecido com o seu. Não se esqueça, contudo, de cita-los em suas referências bibliográficas também.



9. Atenção ao plágio.

É considerado plágio quando um determinado autor assina ou apresenta uma obra intelectual de outro autor sem a sua permissão. Ou seja, dentro do contexto de trabalhos acadêmicos, um TCC pode ser considerado plágio quando tem grande similaridade com algum outro trabalho acadêmico ou livro.

É muito comum as pessoas fazerem referência a diversos autores e utilizar frases, conteúdos e / ou trechos de outras obras em seus trabalhos acadêmicos, porém quando falamos de TCC isso deve ser empregado com cautela e um determinado limite.

Felizmente, existem alguns programas disponíveis através da internet gratuitamente que fazem uma espécie de verificação no documento, mostrando quais são os trechos e a quais obras tais trechos apresentam elevado índice de similaridade. Assim, você pode verificar a probabilidade de plágio antes de entregar ou apresentar o seu TCC. Como fazer um projeto de TCC é complexo e exige tanta dedicação, é melhor não correr o risco de não obter uma nota excelente pela simples falta de atenção a esse importante detalhe.

10. Prepare-se para a apresentação.


Antes de ler essa última etapa do TCC, veja a apresentação valendo, de uma aluna:



Algumas instituições de ensino não exigem que os alunos façam uma apresentação final de seus trabalhos, porém para a grande maioria das instituições essa não só é uma etapa exigida como também corresponde a um percentual considerável na nota final. Por isso, é importante que o aluno esteja bastante preparado para esse momento.

Para auxiliar a apresentação, é preciso preparar um material, em forma de slides ou de banner, dependendo da exigência da instituição. Logo, certifique-se também quanto ao modelo de apresentação exigido / permitido pela sua instituição de ensino.

No caso de slides, tente preparar slides moderno, que tenham todas as informações importantes sem exageros para que não apresentem certa poluição visual e prejudique o entendimento do que realmente importa no trabalho desenvolvido.

No caso de banner, é preciso selecionar a maior quantidade de conteúdo relevante e organiza-lo em um banner dentro dos padrões definidos pela instituição de ensino e seguindo as regras de formatação.

Em ambos os modelos, prefira usar imagens, gráficos e conclusões curtas que sejam intuitivas e de fácil entendimento. Lembre-se que o material deverá servir de apoio durante a sua apresentação.

E, o mais importante, estude e se prepare com calma, verifique o tempo disponível para a apresentação e ensaie até que tenha certeza e confiança de que todas as informações foram ditas dentro do tempo estipulado e de forma clara.

Veja como utilizar o microsoft word no seu TCC:








Aprenda Com o Monografis a Fazer Seu TCC


Gostou das dicas? Então, hora de colocar as mãos na massa...


Tags - Passo a passo para fazer um TCC, como fazer a Introdução de um TCC, como fazer a metodologia de um TCC, como fazer as citações de um TCC, Como fazer um TCC do zero, Monografis 

domingo, 19 de janeiro de 2020

Passo a passo: Como fazer uma monografia nota 10 - Dicas de TCC e Monografia

Como fazer TCC, Como fazer Monografia, dicas de TCC, dicas de monografia

Passo 1: Organize-se.

O primeiro ponto, que muitas pessoas negligenciam e acabam se prejudicando a sua monografia ou seu TCC, é que você precisará reorganizar a sua rotina e a sua agenda para cumprir todas as exigências da sua monografia com qualidade e calma. Afinal, trata-se de um trabalho importante e que deve ser produzido com um altíssimo nível de atenção e qualidade.

Precisa comprar um TCC

Organize seu tempo e um espaço tranquilo e adequado para desenvolver seus estudos. Além disso, defina um horário e faça dessa a sua tarefa prioritária.

Passo 2: Planeje.

Planejamento é importante para tudo, inclusive quando falamos de como fazer uma monografia de qualidade e dentro do prazo. Defina um cronograma de entregas e comprometa-se com ele. O jeito mais fácil para isso é dividir em dias, semanas ou horas o tempo máximo que você precisa cumprir determinada entrega. Faça um planejamento robusto e rigoroso, como você faz ou é cobrado no seu trabalho.

Precisa de um TCC clique aqui.

Não deixe de contar no seu planejamento o risco de falha. Ou seja, o dia que você não conseguiu chegar em casa no horário previsto ou chegou mas estava sem energia ou até simplesmente porque estava se sentindo cansado e foi preciso descansar mais um pouco.

Passo 3: Siga o roteiro.

Seja o seu melhor líder na hora de cobrar a conclusão das suas entregas. Seguir o roteiro planejado é a melhor maneira de não fazer com que o trabalho se transforme em uma verdadeira bola de neve quase incontrolável.

Normalmente, uma monografia é composta pelas seguintes partes:

1. Resumo: um parágrafo, em português e inglês, que mostre de forma bem sucinta do que se trata e onde se pretende chegar com o trabalho;
2. Introdução: uma breve introdução sobre o conteúdo do trabalho e a forma como o mesmo foi explorado e detalhado;
3. Objetivo geral: informa qual o principal objetivo do trabalho e do assunto abordado;
4. Objetivos específicos: detalha as metas intermediárias que irão evidenciar o atendimento do objetivo geral;
5. Referencial Teórico: mostra e conecta os estudos e linha de pesquisa nas quais o trabalho foi baseado e desenvolvido;
6. Métodos: explica, de forma mais detalhada, como os conceitos foram aplicados;
7. Resultados: evidencia os resultados encontrados com o estudo e pesquisa realizados;
8. Conclusão: demonstra o ponto de vista, a interpretação dos resultados e a conclusão do estudo desenvolvido;
9. Considerações finais: evidencia qualquer ponto, informação e detalhe importante no desenvolvimento do trabalho;
10. Referências bibliográficas: lista de todos os materiais que foram estudados e / ou consultados para o desenvolvimento do estudo.

Recomenda-se que cada uma dessas etapas seja considerada como uma entrega a ser concluída no seu planejamento. Perceba que em alguns casos, as etapas serão desenvolvidas em paralelo, como por exemplo o item 5 e o item 10. Por isso, atente-se a planejar o melhor cronograma possível, mas garanta alguma flexibilidade durante o desenvolvimento do trabalho.


Passo 4: Definir o tema / assunto.

Agora que você já tem clareza das etapas do processo, precisa começar a desenvolver o seu trabalho e para isso terá que definir o tema e o assunto de estudo. A melhor forma de definir isso é escolhendo por algum tema ou assunto que você já tenha, pelo menos, despertado alguma curiosidade, interesse ou aptidão. Outra forma de tornar o processo mais tranquilo, é escolher algum tema que esteja relacionado com a sua atividade como profissional ou algum trabalho ou projeto que tenha desenvolvido ou esteja em desenvolvimento no seu trabalho.

Se, por acaso, você não conseguir definir um tema que se interesse, existem ainda duas alternativas que podem te ajudar nessa decisão:
1. Pesquise por sugestões de tema de monografia dento da sua área de estudo através da internet;
2. Procure por um professor, orientador ou coordenador de curso e peça ajuda.
Nos dois casos, é possível esclarecer muitas possibilidade de como fazer uma monografia relevante e de qualidade.

Passo 5: Escolha seu orientador e parceiros.

Algumas instituições de ensino permitem que a monografia seja desenvolvida em dupla ou grupo, se for esse o seu caso, é importante escolher parceiros que estejam alinhados e que tenham o mesmo nível de interesse em como fazer uma monografia de qualidade e digna de nota 10.

Se a instituição permitir que você escolha o seu orientador, busque pelo professor que tenha a maior quantidade de trabalhos, pesquisas e atividades desenvolvidas no campo que você pretende explorar. Ou que, ao menos, tenha alguma relação com o assunto.

Procurar por um professor especialista em desenvolvimento industrial para orientar em uma monografia que aborda, principalmente, questões de preservação ambiental ou a poluição gerada pelas industria, por exemplo, pode gerar conflitos desnecessários no desenvolvimento do seu estudo.

Organize-se para conversar com as pessoas envolvidas no desenvolvimento da sua monografia o mais breve possível. Lembre-se que, ao final do curso, todos os alunos estarão buscando por orientadores e se você demorar muito para demonstrar interesse pela agenda de algum professor, corre o risco de não conseguir ser orientado e acompanhado pelo que escolher.

Sugerimos que comece a esboçar e procurar os professores que tenha mais aptidão e afinidade no período que anteceder o seu prazo de entrega, ou antes disso se for possível.

Passo 6: Pesquise o material.

Pesquise o material que servirá de apoio para o desenvolvimento do seu estudo com antecedência, assim se, por acaso, você encontrar dificuldade em encontrar estudos e material de apoio terá mais tempo para pedir ajuda ou até para mudar o tema, se for necessário.

Como fazer uma monografia já exige um elevado nível de dedicação, não deixe ser surpreendido por falta de conteúdo quando já estiver perto do seu prazo de entrega limite.

Passo 7: Regras de formatação.

A maioria dos alunos chega no momento final do curso sem saber como fazer uma monografia com a formatação correta. Por isso, veja se a sua instituição de ensino tem alguma regra padrão para isso e estude as normas da ABNT, que são as mais usadas em trabalhos acadêmicos.

As normas ABNT além de serem bastante rigorosas são cheias de detalhes, por isso, faça o possível para desenvolver o trabalho já dentro das exigências da norma. Ou preveja no seu cronograma um tempo exclusivo para isso.

Com esse passo a passo, garantimos que você conseguirá organizar seu tempo, sua rotina e encontrará uma forma menos estressante de como fazer uma monografia nota 10 e dentro do prazo.

Quer mais algumas dicas sobre TCC e Monografia, assista aos vídeos abaixo:





Tags: Passo a passo para fazer uma monografia, dicas TCC, Dicas monografia, como fazer metodologia de um TCC, como fazer a Introdução de um TCC, como fazer as citações de um TCC.